sábado, 20 de novembro de 2010

Os Retirantes - Cândido Portinari

Os Retirantes - Cândido Portinari




Cândido Portinari conseguiu retratar em suas obras o dia a dia do brasileiro comum, procurando denunciar os problemas sociais do nosso país. No quadro Os Retirantes, produzido em 1944, Portinari expõe o sofrimento dos migrantes, representados por pessoas magérrimas e com expressões que transmitem sentimentos de fome e miséria.

Os retirantes fugiram dos problemas provocados pela seca, pela desnutrição e pelos altos índices de mortalidade infantil no Nordeste.Contribuíram para essa migração a desigualdade social, no Nordeste.

" Na tela percebemos  nove personagens de forma cadavérica, sendo  dois homens adultos e duas mulheres adultas. Percebemos também que na composição encontram-se cinco crianças, sendo que em apenas uma delas pode ser identificado o sexo, que neste caso está exposto, deixando a genitália da criança exposta(lado direito da tela).  Há uma criança totalmente nua, e o personagem imediatamente atrás desta mulher também encontra-se com seu dorso nú. É um velho, aparentemente o personagem mais idoso na composição. Possui cabelos despenteados e barba, ambos já estão brancos, e segura um cajado. Seu olhar se faz distante.

A mulher que segura a criança, a sustenta pelo lado, apoiando-a seu quadril. Seu olhar distante, também transmite tristeza e solidão, que é marcada pela fragilidade de sua fisionomia. Há  um pequeno raio de cor presente na veste desta mulher, que usa uma saia com o tom rosa/avermelhado. Esta mulher,  frágil em sua condição social, possui um certo vigor físico, maior que seu suposto marido.

Na outra família (centro) percebemos uma mulher mais jovem, com cabelos longos e negros, e olhar  triste, cansado e sua face retrata seu sofrimento. Esta mulher está segurando com seu braço esquerdo uma trouxa branca na cabeça  que certamente contém roupas. No braço direito  uma criança recém nascida.
Ao seu lado está seu marido, com um chapéu na cabeça, segurando a mão de uma criança que também está usando um chapéu. Com a outra mão o pai das crianças esta segurando um pequeno pedaço de pau, com uma trouxa de roupas na sua ponta, que está apoiada sob seu ombro esquerdo. E ao lado do pai se
encontram duas crianças, sendo a da frente do sexo masculino, pois está seminua
e sua genitália está à mostra. Esta mesma criança apresenta um abdome bastante avantajado, o que pode ter sido proposital pelo artista ao querer mostrar que no período da produção da obra o país enfrentava sérios problemas com as questões de saneamento básico e tratamento da água, o que fazia com que
grande parte da população fosse atingida pela esquistossomose.

No céu há uma grande quantidade de pássaros pretos que foram retratados num céu bastante azul, certamente os pássaros pretos aparecem com a  finalidade de retratação da morte, lembrada pela presença dos urubus, a qual mantém uma intima relação com esta ave que sorrateiramente aguarda a hora de se aproveitar daqueles que não resistem mais e morrem.

De certa forma há  também uma alusão alegórica  à morte no encontro de uma destas aves com o cajado do personagem mais velho da composição, formando a conhecida ´foice` que representa a presença desta que ceifa a vida.


 Na  linha do horizonte percebemos uma luminosidade presente, diferenciando-se de toda a cena que é predominantemente escura. E ainda no lado superior direito percebemos a lua retratada num tom de cinza escuro, o que a faz quase se confundir com o céu.

 No canto inferior esquerdo, percebem-se algumas montanhas bastante distantes, e quatro “montinhos” de terra. Sob o chão que os personagens estão, podemos perceber que existe uma grande quantidade de pedras e também uma parte de um osso de animal, este osso, pela sua constituição e forma, percebemos que é uma parte de fêmur, osso da perna que sustenta o corpo, está retratado numa cor bastante clara, quase num tom de branco.

Temos um embate entre o sagrado e o profano, o sagrado da família e a morte que se mostra para profanar ainda mais este cenário de sofrimentos. Percebemos claramente o ciclo da vida que se inicia com uma criança nesta cena, e finda na figura cadavérica do personagem mais idoso da composição."

FONTE: Da monografia de : MANUEL ALVES DA ROCHA NETO)




Segundo MANUEL ALVES DA ROCHA NETO em sua monografia "Possibilidades de Leitura na obra Retirantes de Cândido Portinari"  "A acentuada força dramática da Série Retirantes nasceu das visões de Portinari ainda menino. Desde pequeno, assistia da janela de sua casa ao vaivém das sofridas famílias que fugiam da seca do Nordeste à procura de trabalho.Eram famílias inteiras em estado de grande pobreza, imagens que marcaram a vida do menino e do pintor. Sensível, denunciou, através do pincel a degradação de uma parcela significativa de homens e mulheres, brasileiros trabalhadores e sofredores. Através de sua obra, o artista consegue com uma abrangente visão crítica, fazer um documento visual da nossa realidade. Embora não se restrinja à questão critica da realidade brasileira, isso já seria o bastante para estar situado entre os
artistas de destaque de nosso país.Os Retirantes (1944) de Portinari assumiram uma feição acentuadamente social na carreira do mestre brasileiro. Não apenas em virtude da Grande Guerra iniciada em 1939, como em face do apelo aos recursos de expressão que caracterizariam em seguida a parte mais notável de sua obra, que nos últimos anos da vida, já não eram apenas quadros sociais, tornando-se soluções de problemas formais."
CLICK E VEJA AQUI VIDEO COM OUTRAS OBRAS DE PORTINARI

53 comentários:

  1. Respostas
    1. eu achei isto muito interesante pois candito retratou tudo muito bem essa obra do retirantes

      Excluir
  2. melhor site doo munduu esse em vlww brigadinha!!!!

    ResponderExcluir
  3. A obra mostra a realidade que se viveu ontem, hoje e provalvelmente amanhã. Que pessoas são obrigadas a sairem de seu lugar para tentarem a sorte em uma terra desconhcida, Ex: Os nordestinos que saem de suas cidades e vem pra essa selva de pedra, onde cada um quer passar por cima do outro, onde já se acorad extrssado, onde não á lazer e sim trabalho, onde essas pessoa de bem são destratadas moralmente.
    Ate quando isso vai continuar a acontecer?
    vc me pergunta.
    Eu te falo:
    - Até o fim... pois nunca mudará a não ser talvez que nós, tomamos atitude e falar que CHEGA!! a união de todo um povo, faz com que a terra trema!!! Basta querermos...

    ResponderExcluir
  4. ese blog e otimo! assessa a meu ai tambem http://gislaine-mensagensonline.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. N gosto dessa imagem ela me deixa triste...

    ResponderExcluir
  6. achei fantastico entrei no site só para fazer um trabalho acabei q fiquei mais de 2 horas e vi tudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Conhecimento nunca é demais.Obgda!

      Excluir
    2. vc esta certo(a)conhecimento nuca e dimas e eu sou um estudante e tive que desenhar a inmaguen.

      Excluir
  7. gostei muito isso enriquece nosso gosto pela leitura

    ResponderExcluir
  8. gotei muito isso so enriquece nosso gosto pela leitura

    ResponderExcluir
  9. é uma de suas melhores obras pois expressa a vida quando nao se tem o que comer.ela relata tambem a historia da musica "asa branca" de luiz gonzaga e humberto teixeira.

    ResponderExcluir
  10. meu nome e maria karolina,adorei as obras de portinari.ele rfealmente e um artista. eu tamb. adoro pintar quadros.... Masnessa realidade meu sonho e a arte e a musica....kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas onde você as publica? Se não tem um blog ainda por que não faz um para expôr seus trabalhos.Se já o tem deixe o link aqui para que possamos apreciar seus trabalhos. Um abraço Mary

      Excluir
  11. essa imagem retrata muito bem a realidade nessa região

    ResponderExcluir
  12. Ao anônimo acima:

    A pintura é óleo s/tela. Esse tipo de Pintura a óleo se dá pela técnica pictórica à base de tintas misturadas com óleos (de linhaça ou de noz)e resinas vegetais secativas aplicadas sobre tela (tecido), pedra, madeira (painel) papelão ou cobre (dificilmente sobre papel ou pergaminho, devido às bordas de absorção deixadas pelas substâncias oleosas). A pintura a óleo sempre foi, desde o século 15, a técnica preferida pela maioria dos artistas plásticos, pela variedade de suportes que permite utilizar. O óleo (que não seca sobre a tela, e sim se oxida, formando uma película dura, ligando o pigmento à base) permite modificações de cor e de tonalidades produzidas pela combinação de camadas translúcidas superpostas, além de permitir qualquer variedade de textura, do empaste à superfície lisa da porcelana.

    Bom,espero ter tirado sua dúvida, porém gostaria que nas dúvidas deixassem um e-mail para resposta direta.

    ResponderExcluir
  13. Amei o blog!
    Continuem assim sempre recheados de informações,
    Nós leitores agradecemos!

    ResponderExcluir
  14. gostei muito da historia dos retirantes

    ResponderExcluir
  15. gostei muito da hitoria dos retirante são informacões pastante importante pra nós,pois essa imagem retrata muito bem a realidade nessa Região.Roh

    ResponderExcluir
  16. muito bom mais nao disse tudo o que eu queria.................

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o que você quer exatamente? o blog trata de interpretação da tela e no que tange a tela exposta está acima nos mínimos detalhes.Se disseres o que exatamente deseja,talvez possa lhe ajudar.

      Excluir
  17. É muito bom termos pessoas interessadas sobre boas obras, o que nos faz também refletir e discutir sobre ! Gostei muito de como você retratou a obra ''Retirantes'' pois por mais que olhemos as obras várias vezes.. cada um tem o seu olhar sobre um determinado quadro.. Há de acontecer que os olhares sejam parecidos.. mas cada um interpreta a seu modo... E me foi muito proveitoso ver o seu olhar sobre belíssima obra de Portinari.

    ResponderExcluir
  18. Amei esse site tudo de bom parabéns!!

    ResponderExcluir
  19. ameeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiii

    ResponderExcluir
  20. a obra é´diferente mais o blog e dahora!!!

    ResponderExcluir
  21. q sentimento o artista tentou repassar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido anônimo está lá no início da explanação:sentimentos de sofrimento,dor,miséria,fome...

      Excluir
  22. Qual desigualdade social o quadro retrata ?

    ResponderExcluir
  23. oie obrigado por nos ajudar! eu to fazendo um trabalho sobre o portinari e isso me ajudou muito! acessa meu blog: maneirocara.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. gostei,me ajudou um pouco na pesquisa da escola,só
    falta uma coisa,gual é o estilo dessa arte?

    ResponderExcluir
  25. muito bom, continue escrevendo
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  26. achei muito interesante a obra de retirantes,de candido portinari porisso estou estudondo sobre a obra muito interesante adorei a obra e estou estudando sobre ela na escola etalivio penzo em ms dourado e estou no 5-b quem da aula pra mim e a professora ivani adoro ela ea obra tambem eu acho muito talentoso o retirantes de,de candido portinario

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que no 5º ano você já esteja estudando este tipo de obra.Fico feliz em saber que há educadores que tem essa preocupação em mostrar e trabalhar nossos autores.Parabéns!Continue explorando outras obras de arte aqui que você só tem a ganhar ok. um abraço!

      Excluir
  27. gostei muito é otimo gostei muito parabens ao blog

    ResponderExcluir
  28. Muito interessante a historia das obras de Candido Portinari conta do seu sntintimento pra inspirasse para fazer as artes e isso ai.Gostei muito BJUS KESIA=0

    ResponderExcluir
  29. MUITO INTERESSANTE PORQUE ESSES TEXTOS MOSTRAM HISTORIAS DAS OBRAS DE CANDIDO PORTINARI CONTA A INSPIRAÇAO QUE ELE TEVE PARA PRA FAZER SUAS OBRAS DE ARTE E ISSO AI PESSOAL FIQUEM COM DEUS.GOSTEI MUITO BJUS TCHAUUU

    ResponderExcluir
  30. Para saber mais, consulte o artigo completo de Manuel Alves da Rocha Neto. Lá tem bibliografia e referências. . .

    ResponderExcluir
  31. São 9 pessoas desarrumadas com uma auto estima baixo, um a mulher com um filho no colo e um saco na cabeça um homem velho com um bastão na mão, céu escuro passaros ou morcegos e chão abatido a miséria tomou conta do pedaço, mais essa família continua unida.

    ResponderExcluir
  32. Nossa ajudou muito meu trabalho de artes, esse semestre o 8º ano vai se voltar para esse quadro, Parabéns pra vocês

    ResponderExcluir
  33. Uma coisa é certa, é impossível ficar imune as emoções apreendidas uma obra de arte.

    http://conteudo-mudo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. legaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaal

    ResponderExcluir
  35. gostei muito do site!!! encontrei tudo q presisava!!!!!

    ResponderExcluir
  36. eu gostei mas não ENCONTREI O QUE PROCURAVA!! :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o que exatamente você procurava.Se disseres talez possamos ajudar...

      Excluir
  37. eu nao sei qual foi o cenario que nao tar escritooooo

    ResponderExcluir