segunda-feira, 21 de maio de 2012

O Mamoeiro (1925) - Tarsila do Amaral

O mamoeiro (1925) - Tarsila do Amaral

O mamoeiro (1925),  Tarsila retrata a paisagem brasileira com intenso colorido.

"Esta obra mostra o início da ocupação dos morros das grandes cidades. A simplificação e estilização das formas promovem certa relação com o cubismo.
Mostrando a vida simples, o dia a dia das pessoas ( roupas no varal), vizinhas que se visitam, mãe com filhos. É importante refletir sobre a mudança de hábitos das pessoas a partir da grande concentração de pessoas que hoje habitam os morros. Frutas e plantas tropicais são estilizadas geometricamente.

 Apesar de ter tido contato com as novas tendências e vanguardas, Tarsila somente aderiu às ideias modernistas ao voltar ao Brasil, em 1922. Numa confeitaria paulistana, foi apresentada por Anita Malfatti aos modernistas Oswald de Andrade, Mário de Andrade e Menotti Del Picchia. Esses novos amigos passaram a frequentar seu atelier, formando o Grupo dos Cinco. Este grupo foi o mais importante da Semana de Arte Moderna de 1922.

Em 1924, em meio à uma viagem de "redescoberta do Brasil" com os modernistas brasileiros e com o poeta franco-suíço Blaise Cendrars, Tarsila iniciou sua fase artística "Pau-Brasil", dotada de cores e temas acentuadamente tropicais e brasileiros, onde surgem os "bichos nacionais"(mencionados em poema por Carlos Drummond de Andrade), a exuberância da fauna e da flora brasileira, as máquinas, trilhos, símbolos da modernidade urbana. A Antropofagia propunha a digestão de influências estrangeiras, como no ritual canibal (em que se devora o inimigo com a crença de poder-se absorver suas qualidades), para que a arte nacional ganhasse uma feição mais brasileira.

Tarsila do Amaral foi à representante do movimento Pau-Brasil que, subdividido nas fases construtivo, exótico e metafísico, representa o cúmulo da brasilidade, traduzida não somente em seus temas humanos e nacionais, como também nas cores vivas até então rejeitadas por uma academia retrógrada e passadista.
Seus tons, de intensidade e força absurdas, são reminiscências de infância da pintora nascida em Capivari, interior de São Paulo. Desde então, Tarsila adota de forma quase que rebelde e contestadora cada colorido excessivo para, assim, melhor representar um país-aquarela."

"O Mamoeiro   pertence à Fase Pau-Brasil. Nessa fase as pinturas de Tarsila exaltavam a natureza tropical, valorizavam a brasilidade, os tipos humanos como os caboclos e os negros, e a tranqüilidade das pequenas cidades" (.Fonte:http://fotolog.terra.com.br/mev:16 )
 Nesta fase a influência da escola cubista é marcante ,mas a diferença entre Tarsila e os outros pintores da época  reside no fato de que ela representa a temática de nosso país com cores fortes - ditas caipiras - que seus professores diziam ser de mau gosto desaconselhando-a a utilizá-las m sua obra. 


Saiba mais sobre Tarsila no vídeo abaixo:


10 comentários:

  1. Olá Soniamar, desejo que tudo permaneça bem contigo!

    É deveras admirável as pessoas daquela época que resolveram romper com os hipócritas, os ditadores de regras no modo como se fazer arte. Eles queriam somente continuar os eternos inspiradores modistas, quanta pretensão!

    Este grupo de modernistas revolucionou as maneiras de fazer e interpretar arte, com determinação e coragem.
    E você por cá sempre compartilhando seus conhecimentos sobre arte com os amigos, e assim por cá sempre estou a passar e admirar tuas belas postagens, obrigado!

    E ainda agradeço por tuas visitas e gentis comentários, deixando meu desejo que você e todos sejam sempre deveras intensamente felizes, grande abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  2. Caramba! Vir aqui é viajar e aprender! Muito bom! Parabens! Visite meu blog, será uma honra lhe receber. http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso o seu comentário em meu blog! Senti-me muito honrado. Espero que volte mesmo muitas vezes mais. Obrigado! Abraço! [Qual é o seu nome? Por favor]

    ResponderExcluir
  4. esse desenho é muito da hora meu

    ResponderExcluir
  5. Ai Amei Esse Blog Tem Coisas Facinantes ♥

    ResponderExcluir
  6. amei tem coisas muitos leigais ainda vai me ajudar no trabalho da escola

    ResponderExcluir
  7. verdade so´ poderia ser de tarsila do amaral ne gente

    ResponderExcluir
  8. Tarsila de amaral ....obras fantasticas..e interesantes..

    ResponderExcluir